Tag Archive: python


Concluímos a configuração e disponibilização em todos os nossos servidores de hospedagem Linux e de revendas Linux do framework Ruby on Rais.

A opção está disponível a partir do painel cPanel de cada cliente e pode ser utilizada livremente por todos que a quiserem.

Agora o pacote padrão inclui PHP 5.3.1, Perl, C, C++, Ruby on Rails, Python, MySQL 5, Postgresql 8.4 e muito mais.

Como pacote adicional ainda possuimos a opção de uso do Java/Tomcat para clientes que precisam fazer o uso de servlets Java.

Com isso e nossa infraestrutura, além de uma política agressiva de inovação, inclusive com um quantidade imensa de desenvolvimento de novas soluções de software e infraestrutura (a maioria das soluções desenvolvidas pela BSRSoft é open source), a BSRSoft tornou-se em curto espaço de tempo uma das companhias mais completas para aplicações que rodam em servidores do Brasil.

Oferecendo recursos preciosos para aplicações em nuvem próprias e de clientes, segurança e defesa ativa, reativa e pró-ativa inclusive por meio de nosso sistema de inteligência SIDD, grande quantidade de links, atualização constante da base de software sempre após testes de homologação próprios, recursos de alta disponibilidade, computação de alto desempenho (supercomputadores em cluster para clientes que necessitem dela) e muito mais, inovação está em nosso sangue.

2010 ainda reserva muito mais para nossos clientes, que usufruem de tudo isso por preços altamente competitivos e sempre com atendimento persolizado para suas questões em regime 24/7/365.

Para mais informações e para contratar nossos serviços, entre em:

http://bsrsoft.com.br

A BSRSoft atingiu na tarde de hoje, após algumas melhorias na rede gigabit do cluster de supercomputação a marca dos 18,2 TFlops de potência computacional (18,2 trilhões de operações em ponto flutuante por segundo).

A marca foi atingida com nosso cluster formado por 1956 núcleos XEON, rodando inteiramente sob sistemas Linux Ubuntu Server 9.04.

Isso ainda não foi o bastante para entrarmos no famoso ranking TOP500 dos 500 mais potentes supercomputadores do mundo, mas falta pouco  🙂

O cluster é formado inteiramente por máquinas do tipo commodity (não são servidores high end).

Os 18,2 TFlops foram atingidos com um algoritimo escrito em Python utilizando a biblioteca Parallel Python (biblioteca open source em Python para computação paralela em rede e local) e foi sustentável. Não se trata portanto da potência de pico de processamento. A potência pico foi de 22,32 TFlops.

O cluster serve para montagem sob demanda e por períodos variáveis de supercomputadores para os mais diversos tipos de tarefas. Está acessível a qualquer empresa por baixos valores de locação da potência de processamento desejada. (o cluster é escalável pelo menos até 100 TFlops atualmente se necessário, com a simples adição de mais nós de processamento à nossa rede)

Mais informações sobre a estrutura e sobre como contratar os serviços de supercomputação sob demanda, por favor visite:

http://bsrsoft.com.br/portal/super-computacao/

A BSRSoft disponibiliza dentro de seu parque de servidores a tecnologia de construção sob demanda de supercomputadores baseada no conceito de clusters interligados via rede interna de alta velocidade (Gigabit) e servidores comodite.

Todos os clusters disponibilizados pela companhia rodam Linux Ubuntu Server 9.04  64bits com partições de trabalho EXT4 e sob consulta, partições  XFS.

Os servidores são do tipo: Xeon X3220 Quad Core Dedicated Server – SINGLE CPU QUAD CORE 2.4GHZ 1066FSB (2×4MB CACHE) com HDs SCSI em RAID 10 e 6 GB de RAM DDR2.

Todos possuem compiladores C, C++, Fortram e interpretador Python instalados com o bônus do uso imediato da biblioteca Parallel Python (http://www.parallelpython.com) que possibilita computação distribuida paralela em nossa rede. Outros softwares podem ser instalados conforme demanda e disponibilidade técnica.

Todo o software que provê o controle e funcionamento do supercomputador é open source.

Em testes com o Parallel Python atingimos em 06/01/2010 a marca dos 13,2 TFlops, que é uma potência respeitável para muitas aplicações conhecidas. Na prática, a estrutura pode atingir com relativa facilidade a marca dos 100 TFlops segundo nossos cálculos, caso haja demanda computacional, já que o cluster é expansível quase que automaticamente com a simples adição de máquinas à rede.

Algumas áreas que podem se beneficiar da potência destes supercomputadores sob demanda são: finanças, engenharia, geoprocessamento, geofísica, química quantica, arquitetura, industria aeroespacial, energia, medicina, inteligência artificial, modelagem atmosférica etc tanto em empresas como em institutos de pesquisa e desenvolvimento.

A BSRSoft já vem utilizando a tecnologia para processamento de dados em redes neurais distribuídas nos serviços suportados pelo SIDD (Sistema de Inteligência e Defesa Digital). Estamos re-escrevendo algumas bibliotecas do sistema para fazerem uso do Parallel Python.

Para mais informações:  http://bsrsoft.com.br/portal/super-computacao/

Super Computadores - ClustersHoje, último dia de 2008, colocamos em produção em nosso Data Center Cloud toda a arquitetura para podermos fornecer on-demand (sob demanda) para nossos clientes verdadeiros cluster formando super-computadores virtualmente de qualquer potência de processamento desejada e também pelo tempo desejado.

Os clusters que forneceremos a nossos clientes de super-computação em paralelo rodam o Red Hat Linux, MySQL 5, Postgre 8 e Pyhton com a tecnologia de computação paralela Parallel Python, que naturalmente é toda escrita em Python, mas faz interface com C/C++, etc.

São altamente estáveis e escaláveis. Quando um cliente precisa de mais poder, adicionamos mais um núcleo/processador para ele usar. Quando ele já não precisa, retiramos um núcleo/processador e por aí vai.

O cliente utiliza apenas o poder de processamento aralelo que precisa e pelo tempo que precisa. Como o pagameno é devido pelo tempo  de uso dos núcleos locados pelo cliente, essa tática diminui em muito o gasto do cliente com o uso de um cluster. Ele nunca irá gastar com algo de que não precisa.

Os clientes alvo estão principalmente em áreas como engenharia, biotecnologia, química, física, estudos científicos complexos, dinâmica de fluídos, previsão do tempo, processamento de imagens e animações, etc.

Para mais informações sobre como usar nossos cluster de super-computadores, entre em contato através dos canais disponíveis em:

http://idc.bsrsoft.com.br

%d blogueiros gostam disto: