O técnico-chefe em eletrônica da plataforma de petróleo Deepwater Horizon testemunhou que um computador na plataforma que monitorava e controlava as operações de perfuração estava congelando e exibindo a tela azul da morte antes da explosão da sonda que marcou o início do vazamento de petróleo na costa do Golfo. O congelamento significava que o sondador não tinha acesso às informações necessárias sobre a perfuração. Michael Williams, que é um ex-fuzileiro naval, disse ainda que o alarme de segurança a bordo da plataforma havia sido mudado para um modo que evitasse acordar os membros da tripulação que estivessem dormindo. O alarme de segurança era pra alertar a tripulação sobre níveis perigosos de gases combustíveis.

Fobte: http://www.brc.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2214&Itemid=362&lang=pt_BR