A BSRSoft disponibiliza dentro de seu parque de servidores a tecnologia de construção sob demanda de supercomputadores baseada no conceito de clusters interligados via rede interna de alta velocidade (Gigabit) e servidores comodite.

Todos os clusters disponibilizados pela companhia rodam Linux Ubuntu Server 9.04  64bits com partições de trabalho EXT4 e sob consulta, partições  XFS.

Os servidores são do tipo: Xeon X3220 Quad Core Dedicated Server – SINGLE CPU QUAD CORE 2.4GHZ 1066FSB (2×4MB CACHE) com HDs SCSI em RAID 10 e 6 GB de RAM DDR2.

Todos possuem compiladores C, C++, Fortram e interpretador Python instalados com o bônus do uso imediato da biblioteca Parallel Python (http://www.parallelpython.com) que possibilita computação distribuida paralela em nossa rede. Outros softwares podem ser instalados conforme demanda e disponibilidade técnica.

Todo o software que provê o controle e funcionamento do supercomputador é open source.

Em testes com o Parallel Python atingimos em 06/01/2010 a marca dos 13,2 TFlops, que é uma potência respeitável para muitas aplicações conhecidas. Na prática, a estrutura pode atingir com relativa facilidade a marca dos 100 TFlops segundo nossos cálculos, caso haja demanda computacional, já que o cluster é expansível quase que automaticamente com a simples adição de máquinas à rede.

Algumas áreas que podem se beneficiar da potência destes supercomputadores sob demanda são: finanças, engenharia, geoprocessamento, geofísica, química quantica, arquitetura, industria aeroespacial, energia, medicina, inteligência artificial, modelagem atmosférica etc tanto em empresas como em institutos de pesquisa e desenvolvimento.

A BSRSoft já vem utilizando a tecnologia para processamento de dados em redes neurais distribuídas nos serviços suportados pelo SIDD (Sistema de Inteligência e Defesa Digital). Estamos re-escrevendo algumas bibliotecas do sistema para fazerem uso do Parallel Python.

Para mais informações:  http://bsrsoft.com.br/portal/super-computacao/