Acabei de ler um post no fórum do site MeioBit (http://meiobit.com/forum/software/programa-o/cloud-computing-essa-id-ia-vale-a-pena)

Respondi no fórum e irei transcrever aqui tudo o que disse lá, rebatendo o autor do link abaixo (motivo do post) e dando 10 razões para você utilizar computação em nuvem.

O link com o artigo original em inglês contra computação em nuvem:  10 razões porque Cloud Computing é uma má idéia


Minhas respostas aos 10 pontos colocados pelo autor:

Cloud computing é computação feita fora do lugar onde está o cliente e que pode ser mudada de lugar conforme a conveniência, para por exemplo migrar uma aplicação on the fly para servidores mais potentes em horários de pico. Por conta disso, aplicações como GMail, buscadores, Picassa, WordPress etc são aplicações rodando na nuvem já.

Todo mundo usa e não se dá conta.

Sobre a confiabilidade, tudo depende de quem você contrata. Existem grandes companhias que fornecem ERPs e CRMs corporativos rodando em nuvem. Os clientes dessas aplicações são empresas que confiam seus dados de clientes, faturamentos, dados fiscais etc ao provedor contratado para fornecer o serviço.

Não é porque é online que é menos seguro.

Sobre o artigo linkado:

– Computação em nuvem torna a sua TI excessivamente dependente da Internet.

Ora bolas… Qual a grande corporação que não utiliza internet para trasitar dados vitais hoje em dia, inclusive como único recurso para transitar esses dados, já que quando você tem centenas de filiais espalhadas não vai dar pra transmitir, por exemplo,  o fechamento do caixa diariamente por FAX ou correio em todas as filiais, não é?

Toda empresa já depende do email pra tudo.
É uma questão de custo: internet é o meio perfeito para agilizar processos e diminuir custos, o que gera mais produtividade.

– Cloud Computing irá atrair primariamente clientes ocidentais

É claro que a internet em vários locais do mundo é precária. Por isso nesses locais, cloud computing não funcionará bem até que isso se corrija.
Mas essa é uma coisa que serve para esses locais. Em locais com infraestrutura de internet regular, computação em nuvem vai muito bem, obrigado.
Quem disse que serve para o mundo todo já hoje? Ninguém disse isso. Essa foi bobagem.

– Cloud computing deixa os clientes dependentes da boa vontade dos ISPs

Essa é piada. O problema aqui não é o cloud. São os ISPs. O autor do artigo diz que os ISPs adoram limitar banda dos usuários.

O raciocínio dele generaliza um problema que não é do cloud: a maioria das aplicações cloud não usa muita banda em primeiro lugar. Por isso o vilão não é ela. O que tem de melhorar são os ISPs (provedores)

– Cloud computing pode expor você a práticas ilegais de seu provedor

De novo. O medo dele é com provedores espiões desonestos. Cloud não é o problema, portanto. Mas a boa novidade é que a maioria esmagadora das aplicações cloud que trafegam dados vitais e sigilosos usa criptografia SSL. Por isso são imunes a grampos dos provedores.

O medo do autor é com os ISPs que já espionam seus clientes a mando da RIA buscando por piratas e que por isso podem espionar tráfego cloud também.

SSL resolve isso e já é usado por todos. Não existe problema. Vide o SSL que o GMail usa em todas as contas de email.

O que não usa SSL hoje é porque não trafega nada sigiloso.

– Cloud computing é contra o espírito da computação pessoal
KKKKKKKK. Essa foi a pior até agora.

Como se cloud fosse acabar com computadores pessoais e com o espirito da coisa. O que vai ocorrer é que muita gente vai passar a fazer computação de suas coisas pessoais na nuvem. Só isso. É computação pessoal na nuvem.

– Cloud computing faz seus dados ficarem sob as leis americanas

Ai você é quem escolhe: mantém seus dados em um provedor cloud nos EUA e se sujeita às leis americanas, mantém seus dados em outro lugar e se sujeita as leis desse outro ou mantém seus dados em seu computador pessoal e se sujeita à leis de seu país.

Se você é americano e não quer se sujeitar às leis americanas, mantenha seus dados na nuvem, fora dos EUA. Você não pode mantê-los nem ao menos em seu PC.

– Cloud computing pode expor seus dados a elementos corruptos ( e eu não estou falando sobre hackers etc)

Seus dados estão sempre expostos a elementos corruptos. Na polícia, nos bancos, agencias de viagem, seu provedor de acesso, sua conta na padaria da esquina etc.

É claro que existem locais em que é mais provável que seus dados possam ser expostos do que outros.

Cabe a você, escolher bem o local que irá prover a solução cloud a você, da mesma forma que você escolhe bem o seu advogado, seu médico e seu dentista.

Mas não tenha dúvidas de que seus dados vão estar mais seguros em um servidor do programa Apps do Google do que em seu PC no escritório, que pode ser aberto de madrugada por um funcionário descontente e ter todo o seu HD copiado e fornecido para o concorrente.

– Cloud computing está soando mais como um lobby do que com uma tendência

Esse conseguiu o troféu até agora de pior.

– Cloud computing pode ter poucos beneficios para médios e pequenos negócios

Tudo depende do que você migra pra nuvem. Ai é uma questão de administração. Você terá de pesar o que lhe é mais benéfico em termos de produtividade, recursos, escalabilidade e economia.
É como cotar uma solução nova para seu desktop: Fico com a suite office A ou B? Depende da que melhor te atende, bolas!

– Cloud computing pode não beneficiar a economia de seu país

Essa é uma opinião míope.

O autor só enxergou que você vai deixar de comprar eventualmente hardware e software dentro do seu país, caso o fornecedor de cloud computing esteja fora dele.

Essa parte é verdade.

A parte que estava mais adiante e ele não viu, pois está míope, é que o aumento de eficiencia e economia que você pode ter caso a escolha tenha sido bem feita, irá fazer os seus negócios crescerem e você irá gerar mais impostos, gerar mais empregos e renda, dentro do seu país.

Como descrevi acima em meus comentários pessoais, toda crítica feita pelo autor contra a cloud computing pode ser rebatida sem se recorrer a questões filosóficas, coisa que ele abusou no uso.

Filosofia é abstrata e depende de cada um. Não serve como parametro geral. Opinião fundamentada é outra coisa. E é em cima de opiniões fundamentas que empresas descentes fazem negócios.

Ou alguém acha que grandes empresas usam Linux e outros SL porque estão alinhadas em filosofia ao Stallman????

Usam Linux e outros SL porque lhes traz retorno financeiro e em produtividade. Se não não usariam.

————————————————-
André Luis Pereira
BSRSoft IDC

PS: Conheçam nossas soluções de servidores em nuvem

Anúncios