Ataque a servidores tira do ar 100 mil páginas
Crackers exploraram falha no software de virtualização HyperVM, da empresa LXLabs

Um ataque a servidores apagou 100 mil sites da internet graças à exploração, por crackers, de uma falha no software de virtualização HyperVM, da empresa LXLabs. Segundo o site The Register, técnicos da empresa Varsev.com, no Reino Unido, tentam recuperar os dados desde a segunda-feira.

O ataque se deu no domingo, apagando dados de metade dos sites hospedados nos servidores da Varsev. O cracker conseguiu executar comandos em Unix no sistema, incluindo rm -rf, que resultou na destruição dos dados.

Segundo Rus Foster, diretor da Varsev.com, cerca de 50% dos assinantes da Varsev optavam por um serviço sem backup, e não se sabe se os dados serão algum dia recuperados.

Até o momento, informa o Register, se sabe pouco sobre as pessoas que atacaram o servidor. Ninguém assumiu, ainda, o ataque. Mas o modo como foi feito indica que não se tratou de uma ação aleatória, e sim de um ataque planejado e direcionado.

Foster disse que não conseguiu contatar o LXLabs para discutir a vulnerabilidade.

Fonte: www.baboo.com.br/msn08/content.asp?z=300&id=35435

e ForumcPanel.com.br

Nota BSRSoft:  A BSRSoft não utiliza nenhum serviço baseado no HyperVM e por isso não está sujeita às falhas exploradas descritas pelo artigo.