(INFO Onine)   Entenda o que muda no dia a dia dos programadores PHP, com mais um release candidate da versão 5.3, que promete implementar funcionalidades previstas para a versão 6 da linguagem.

Dois recursos que estão presentes desde a primeira versão de testes (release candidate) do PHP 5.3 continuam sendo aprimorados e chamam atenção pela importância:

Namespaces

Este recurso resolve o problema encontrado principalmente no desenvolvimento de frameworks de desenvolvimento, onde os nomes das classes eram monstruosos para resolver possíveis conflitos de nomes.  Com os namespaces é possível agrupar estes nomes. Diferentes namespaces podem conter nomes de classes, funções e constantes iguais. O último ainda não foi totalmente implementado.  Vale ressaltar que a palavra namespace agora é reservada para o uso da linguagem (“goto” e o nome da classe “closure” também tornaram-se reservados).

Driver nativo MySQL

Nas versões anteriores da linguagem PHP, as interações geralmente ocorriam por meio da biblioteca cliente libmysql. Ela tinha os próprios parâmetros. Agora o driver é o mysqlnd, interno e otimizado para o engine  Zend. Um código menor – e, principalmente, mais ágil – garante melhor acoplamento com o banco de dados. Outro ponto é que esse driver agora respeita os parâmetros de memória estabelecidos na configuração do PHP.

Outra novidade está nas quatro extensões adicionadas. São elas:

Phar – Um empacotamento para todos os arquivos de uma aplicação. Facilita a distribuição e a instalação.

Intl – Extensão de internacionalização para padronizar formatação de caracteres e informações de data, hora, número e moeda.

SQLite3 – Suporte ao banco de dados SQLite versão 3.

FileInfo –  Esta extensão serve para identificar o content type  e encoding de arquivos, analisando o cabeçalho do arquivo.

Para acompanhar todas as mudanças, aconselho acompanhar as notas de upgrade. O código do PHP 5.3 pode ser baixado do site de Quality Assurance do PHP. Para se aprofundar nas mudanças, o engenheiro de software do SugarCRM, John Mertic, escreveu alguns artigos no portal developerWorks, da IBM.